Vila Bela: Operação Erínias cumpre mandados contra alvos investigados por roubo majorado e tortura

Vila Bela: Operação Erínias cumpre mandados contra alvos investigados por roubo majorado e tortura

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, deflagrou na manhã desta quarta-feira (13.07) a Operação Erínias, para cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão domiciliar e quatro de prisão temporária contra alvos em Vila Bela e Pontes e Lacerda.

A operação conta com apoio da Delegacia de Pontes e Lacerda e é resultado de investigações de um caso de roubo majorado e tortura, ocorrido em Vila Bela da Santíssima Trindade, no final de maio deste ano.

Conforme apuração da Delegacia de Vila Bela, as investigadas teriam feito uma emboscada para a vítima e invadido a sua casa, a submetendo a tortura e depois subtraíram uma quantia em dinheiro.

O trabalho conjunto das unidades da Polícia Civil em Vila Bela e Pontes e Lacerda resultou na identificação das envolvidas. Foi feita representação à Justiça pelas prisões das envolvidas, além de buscas domiciliares e sequestro dos valores em suas contas bancárias.

Após a deflagração da fase ostensiva, a investigação segue para identificar pessoas que estariam divulgando fotos e vídeos da tortura a qual a vítima foi submetida.

As erínias na mitologia grega eram personificações da vingança. Enquanto a deusa da vingança, Nêmesis punia os deuses, as erínias puniam os mortais. Elas representavam o castigo, o rancor e o inominável.

Fonte: Polícia Civil-MT.