Mendes pede que população tenha paciência com manifestações em MT

Mendes pede que população tenha paciência com manifestações em MT

Em meio ao clima de acaloramento político e manifestações por diversas parte de Mato Grosso, o governador Mauro Mendes (União) pediu que a população tenha “paciência” com os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), que, duas semanas após o pleito, amargam a derrota do chefe do Planalto.


Além das mobilizações que acarretaram no fechamento de estradas e atrapalhando o trânsito na Capital, empresários bolsonaristas também resolveram fechar os próprios estabelecimentos comerciais em apoio aos atos.


No fim da tarde desta segunda-feira (7), Mendes foi questionado sobre os impactos dos protestos na economia do Estado e minimizou a situação.

“Não abrir as portas é o direito que cada cidadão tem. Obviamente isso tem suas consequências. O comércio pode ficar 1,2 dias paralisado, agora se ficar mais do que isso vai ter consequências. Isso é uma manifestação livre e democrática, mas isso foi numa minoria. A grande maioria está funcionando normalmente”, disse.

 

Os bloqueios de estradas e manifestações mobilizados por milhares de eleitores de Bolsonaro vêm ocorrendo desde o último domingo (30), após o chefe do Planalto fracassar na disputa pela reeleição e ser vencido pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


Alguns dos apoiadores pedem a anulação da eleição e uma “intervenção militar”. “A democracia é respeitar o direito da livre manifestação. Mesmo que as pessoas estejam falando algo que não tenha amparo na legislação, temos que respeitar, desde que aquilo fique em palavras”, reagiu Mendes.


Ao final, o governador pediu paciência para que não seja instalado um conflito com bolsonaristas. “Um pouquinho de paciência agora, com capacidade de ouvir e dialogar, é a receita correta para gente superar esse momento delicado da nossa trajetória política”, finalizou.

Fonte: Gazeta Digital.