Estudante cria fake e ameaça massacre: “Sangue vai derramar”

Estudante cria fake e ameaça massacre: “Sangue vai derramar”

Um estudante de 18 anos criou um perfil falso nas redes sociais e ameaçou cometer uma chacina na Escola Estadual Cívico Militar Senador Mário Motta, em Cáceres.

O jovem afirmou que, diferente do atentado na Bahia - em que uma estudante cadeirante foi morta a tiros -, ele mataria quem “merece” (confira abaixo a publicação).

Na ameaça, publicada na página do Facebook da escola, o jovem diz: “Um ataque em uma escola está prestes a acontecer. O ataque na escola na Bahia foi triste, mas ela não merecia morrer”.

“A escola Cívico Militar de Cáceres MT está uma porcaria. Tem um coronel que se acha e não sabe conversar. Espere, eu estarei chegando aí”, continuou.

 O jovem completa afirmando que gostaria de citar os nomes de alguns alunos que estão fazendo “mal” a outros, inclusive a ele. “Espero que vocês abracem suas famílias, que esta semana sangue vai derramar e eu só vou observar”.

A Polícia Civil identificou e prendeu o jovem autor das ameaças pouco tempo após a comunicação. Ele foi autuado por falsa identidade e ameaça.

 Em entrevista ao site local Cáceres Notícias, o delegado Igor Sasaki, que está à frente do caso, classificou o episódio como grave.

Fonte: MídiaNews.